Comments are off for this post

[Estudo para equipe de Discipulado] 12 Chaves para uma liderança de sucesso

Texto Chave: ​“Sendo assim, tudo quanto te vier à mão para realizar, faze-o com o melhor das tuas forças, porquanto para o Sheol, a sepultura, para onde vais, não há atividade, trabalho, reflexão, planos, conhecimento, saber, nem nada.” (Eclesiastes 9:10)

Verdade Central: Para trabalhar 12 Chaves para uma Liderança de Sucesso é preciso caminhar e pensar em equipe e não de forma isolada, e dentro da equipe, cada um ser usado na sua habilidade. Porque cada 12 tem seus dons e talentos que não podem ser desperdiçados; E quando cada um é usado no seu potencial, não há desperdício, antes, um soma com o outro em sabedoria.

Existem três perguntas que você deve fazer para se encontrar como líder:

  1. Que tipo de líder eu sou? 2. Que tipo de líder eu quero ser? 3. Que tipo de liderança eu quero trabalhar?

Se você encontrar respostas para essas três perguntas, você terá e fará uma liderança de êxito, porque o líder precisa saber qual o foco da sua liderança e como está a sua vida em três esferas:

  1. Espiritual (Fé – Graça – Esperança). Saber que você se move no sobrenatural.
  2. Emocional (Sentimental). Guardar o seu coração e cuidar das suas emoções.
  3. Financeira (Plano para o futuro). Ter sabedoria financeira. Ser organizado para pagar as contas em dia. Aquilo que é do seu futuro, seu presente não pode comer.

O líder precisa viver a liderança com seu mentor. E essa liderança tem que ser:

. Liderança de ensino.

. Liderança de exemplo.

. Liderança de resultado.

O líder aproveita todas as habilidades da sua equipe, permitindo que cada um use o seu potencial para contribuir positivamente para um resultado comum. Caminhar em equipe é um mistério ainda a ser desvendado, mas muitos estão com bagagens de experiência que poderão nos auxiliar e treinar a nossa capacidade e habilidade de conviver em equipe.

  1. Deseje ser um líder de êxito. A visão é caminhar em equipe. E tudo começa com o líder. Portanto, trabalhe sua liderança com desejo de alcançar êxito casado com a ação. Na sua equipe, observe quem é equipe. Nem todos que estão, são parte da equipe, ainda que recebam o mesmo alimento e comunguem a mesma família. Mas os que são equipe precisam ter características de família.
  2. Gere uma equipe com temperamentos diferentes. Mescle sua equipe! Uma equipe precisa ter líderes com todos os temperamentos (colérico, sanguíneo, fleumático, melancólico) para gerar equilíbrio e harmonia, e não afetar o humor de todos.
  3. Converse com os líderes principais sobre o que você quer fazer. Sempre apresente a pauta de cada reunião aos líderes principais. Não permita que sejam surpreendidos de forma negativa.
  4. Sonde o coração da equipe se você quer chegar aos lugares altos. O líder tem que conhecer os sonhos, a visão e o foco dos liderados para saber se compartilham dos mesmos objetivos.

 

  1. Evite conversar em equipe o problema de terceiros. Muito cuidado ao citar exemplos. Alguns podem se sentir vítimas e achar que o mesmo acontecerá com eles.
  2. Avalie os comportamentos estranhos e os trate em particular, nunca em equipe. Sempre que possível, chame particularmente os discípulos para tratar comportamentos contrários. Só o faça de forma coletiva se estiver comprometendo a equipe como um todo.
  3. Descubra o potencial de cada um e invista individualmente. Invista especificamente em cada discípulo, de acordo com os talentos que você percebe na equipe.
  4. Observe o discípulo que possui dons e talentos e ouça-os. Ouvir mais e falar menos faz toda a diferença diante de assuntos relevantes. E sempre trate os problemas em particular.
  5. Esteja preparado para cada assunto que for tratado com a equipe. O líder tem respostas para as perguntas. E quando acontecer de não ter respostas, deve pesquisar para saber o que responder. O líder deve estar sempre preparado. Perguntas e respostas são Chaves de Sabedoria. Esteja sempre convicto de que existem reuniões maravilhosas e outras tensas, mas você é o líder, você é chamado por Deus para estar sobre eles.
  6. Ganhar X Ceder. Há momentos em que o líder ganha e outros em que cede, por isso ele deve ter consciência de que nem sempre vai ganhar, há momentos em que precisará ceder para que toda a equipe alcance a vitória. A vitória da equipe e do líder é a vitória para todos. Contudo, diante de uma solicitação, só vale a pena o líder ceder, quando é pelo interesse de todos, jamais por interesse apenas de alguns.
  7. Reconheça quando errar e faça disso uma lição. É muito importante para o líder ser exemplo para a equipe, inclusive reconhecendo seus erros e mostrando que independente da posição de liderança é humilde.
  8. Crie objetivos possíveis de serem realizados. Os objetivos apresentados à equipe devem ser possíveis, devem estar ao alcance. Antes de lançá-los, pergunte individualmente a todos qual os alvos que possuem. Ao ouvi-los, você pode descobrir que seu objetivo está menor que o pensamento de equipe.

Talvez você diga: Eu já utilizo todos esses 12 pontos ou até mais. Bem, o êxito é uma característica de quem persiste e não dos que aventuram. Precisamos persistir até formar nossa equipe, passaremos por momentos difíceis, são nesses momentos que somos moldados e aperfeiçoaremos pessoas que convivem conosco.

Cada um tem um perfil de liderar, mas, para alguém ter um futuro de êxito precisa, categoricamente, ter uma bússola e não perder o controle do navio. Liderança é algo muito sério, ou você acerta muito, ou erra absurdamente.

Tenho funcionado nessas chaves há 30 anos, e estou facilitando anos de tormentas para você chegar mais rápido pelo caminho trilhado. Você chegará ao futuro com a consciência de que não quebrou as regras de ouro da sua liderança.

É provado que a maior riqueza de um indivíduo é caminhar em equipe, estar em flanco relacionamento consigo, familiares e equipe. Você sabe que isso é mais poderoso que caminhar sozinho, porque além de ser benefício para mente, também traz resultados fascinantes.

Trabalhar em equipe tem seus desafios, mas logra resultados relevantes. Quando comecei a treinar equipes, precisei de algumas habilidades. Fui buscando ferramentas que proporcionassem um bem estar entre nós, e isso me deu muito êxito nos resultados. Hoje, debaixo da nossa influência temos milhares de equipes, em modalidades diferentes, pois entendemos que somos indivíduos multáveis, que podemos mudar a hora que decidirmos, a hora que quisermos e que juntos somos mais fortes do que os que caminham isolados.

12 chaves para uma lideranca de sucesso

Comments are closed.